quinta-feira, 30 de junho de 2011

Explosão de Luz Misteriosa Capturada pelo Telescópio do Havaí

Crédito: Space.com


Uma explosão de uma bolha de luz, que foi capturada em dois telescópios do Havaí na semana passada, teve provavelmente origem terrestre, dizem os observadores.

 O misterioso fenômeno ocorreu nas primeiras horas da manhã em 22 de junho. Por volta das 03h37 hora local, uma esfera branca floresceu no céu noturno, crescendo como uma bolha de sabão e em seguida, desaparece. A webcam sobre o Telescópio Canadá-França-Havaí, em Mauna Kea, a maior montanha no Havaí, capturou a imagem, assim como uma câmera no telescópio Subaru, também em Mauna Kea.

Os Astrônomos do observatório colocaram a imagem online, onde logo, se tornou um mistério no céu para os entusiastas. A partir dai inúmeras teorias começaram a pairar sobre o vídeo, que vão desde um truque de câmera a eventos solares e  meteoros. Segundo um usuário de um fórum de discussão de astronomia, o evento estaria apontando para a "Base da Força Aérea de Vandenberg", na Califórnia que teria lançado um míssil Minuteman desarmado para testes, poucos minutos antes da bolha surgir no Havaí.

Fonte: Space.com 
Leia a notícia completa em inglês AQUI

Tradução e adaptação de texto: Gério Ganimedes




Comentário do Autor

Queria entender, ... que tantos mísseis estão sendo testados ultimamente, nos EUA e na Rússia, sem falar na China, Coréias e no Japão. Não estavam só falando em desarmamento? Para que testar, o que não vai ser usado? Ou vai. Pergunta que não quer calar, em quem? Estou começando a "desconfiar", o porquê estes arsenais nucleares estão sendo alvos de misteriosos ataques e explosões.


Gério Ganimedes 


Meteoro com Controle de Trajetória?

Frame do vídeo - crédito: CiudadesPlanetarias


O que rapidamente, fora considerado um meteoro, registrado em vídeo, na cidade chilena de Puerto Montt no dia 28 do corrente mês, pode ser uma conclusão apressada e sem fundamentos físicos, pela trajetória aparentemente modificada e quem sabe até mesmo controlada de um suposto veículo espacial, numa tentativa de não bater no solo. O objeto que se parece com uma bola de fogo incandecente, deixando um rastro de fogo foi registrado em Puerto Montt, por Cristián Infante uma semana antes da erupção do Cordón Caulle. Vários sites estão dando grande destaque a esta filmagem, justamente pela mudança de trajetória do objeto.


 
Fonte: YouTube
Crédito: CiudadesPlanetarias
 
 
Comentário do Autor
 
Corpos celestes podem apresentar mudança de trajetórias, quando no espaço, em órbita, sob ação de forças gravitacionais de planetas e estrelas, mas depois que adentram a atmosfera do planeta caem, praticamente em trajetória retilínea e em alta velocidade, não apresentando mudança de direção em seu deslocamento.

O que as primeiras considerações, como sempre, negando todo e qualquer possível atividade extraterrestre em nosso planeta, querem dizer, é que este meteoro, pedaço de cometa, lixo espacial, ou seja lá o que for, tem controle inteligente e poder de mudança de trajetória? Essa é dificil de engolir! Vocês astronomos profissionais e cientístas, estão esgotando a lista de desculpas, com base física e matemática, é bom começarem a elocubrar novas teorias,  que a população leiga, já não tão leiga, respeite como explicação para os fenômenos que estão acontecendo.

Gério Ganimedes
 

Cemitério de criaturas gigantes encontrados na África Central



PRAVDA.RU
Ciência e Mistério
24.06.2011


Uma equipe de antropólogos encontrou um cemitério  misterioso na selva perto da cidade de Kigali Ruanda (África Central). Os restos pertencem a criaturas gigantescas que pouco se assemelham aos seres humanos. O Chefe de grupo de pesquisa acredita que eles podem ser visitantes de outro planeta que morreram como resultado de uma catástrofe.

Segundo os cientistas, eles foram enterrados pelo menos 500 anos atrás. Na primeira, os pesquisadores pensaram que se depararam com os restos mortais de antigos assentamentos, mas sem sinais de vida humana foram encontrados nas proximidades.

As 40 valas comuns tinham cerca de 200 corpos, perfeitamente preservados. As criaturas são altas, tem cerca de 2,13 metros e suas cabeças são desproporcionalmente grandes. Eles não tem boca, nariz ou olhos.

Os antropólogos acreditam que as criaturas eram membros de uma aterrissagem alienígena, possivelmente destruídos por algum vírus terrestre para os quais não tinham imunidade. No entanto, nenhum vestígio de pouso da nave espacial ou seus fragmentos foram descobertos.

Fonte/Crédito: Pravda.ru
Leia a notícia completa em inglês AQUI

Tradução e adaptação de texto: Gério Ganimedes

Comentário do Autor

A ponta do iceberg está de fora. Em breve encontraremos o que "afundou o Titanic", a parte maior do "iceberg".

Fiquem bem

Gério Ganimedes
 

Suposto Ovni Gravado Sobre a Cidade de Luque - Paraguai

Cidade de Luque - Paraguai


O video abaixo mostra o que seria um grande ovni registrado a noite na cidade de Luque no Paraguai - America do Sul. Vamos a mais uma proposta de análise.

Fonte: YouTube
Crédito: NYC812

Gério Ganimedes

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Preocupação com Colisão de Asteróides com a Terra, Cria Tabela Classificatória

Fotógrafo: Andreus Agency: Dreamstime.com
Uma ilustração de um asteróide a caminho da Terra.



A Grã-Bretanha e os EUA seriam os paises “TOP”, numa tabela classificatória de países mais afetados por um asteróides.
 
Se você vive na Grã-Bretanha, EUA, ou na China, começe a se preparar agora.

Os cientistas elaboraram uma tabela classificatória, dos países que serão os mais afetados em caso de um asteróide colidir com a Terra.

Eles identificaram pela primeira vez, aqueles que sofrerão perda catastrófica de vida ou serão afetados a tal ponto, que será quase impossível se recuperar da catástrofe. Países desenvolvidos formam a maioria dos que estão na lista, mas a China também está lá, por causa do grande número de pessoas que iriam morrer.  Mesmo os países mais pequenos como a Suécia, estão em grave perigo por causa dos danos à sua infra-estrutura.

A lista foi compilada e organizada por pesquisadores da Universidade de Southampton, usando um software chamado de NEOimpactor, abreviação de NASA "NEO", ou programa de Objetos Próximos à Terra.

Em geral, os “TOP DEZ” países em maior risco são: China, Indonésia, Índia, Japão, os EUA, Filipinas, Itália, Reino Unido, Brasil e Nigéria.  Olhando para a perda de população, os EUA, China, Indonésia, Índia e Japão são os em maior perigo.  Os países que enfrentam a devastação maciça para sua infra-estrutura são o Canadá, EUA, China, Japão e Suécia.

A ameaça dos asteróides, foi ilustrada na segunda-feira (27), quando uma pedra tão grande quanto uma pequena casa raspou a Terra a 12.000 Km de distância da superfície.  Com o rosto vermelho, astrônomos só descobriram a rocha, alguns dias antes o que até então, eles pensaram que era apenas um pedaço de lixo espacial.

“A ameaça da Terra ser atingida por um asteróide é cada vez mais aceita como o único maior perigo de desastres naturais enfrentados pela humanidade”, disse Nick Bailey da Universidade de Southampton, que desenvolveu o software NEOimpactor.

”As consequências para as populações humanas e infra-estrutura como resultado de um impacto são enormes. Cerca de cem anos atrás, uma região remota, perto do rio Tunguska testemunhou o maior evento de impacto de um asteróide na memória viva, quando um objeto relativamente pequeno (cerca de 50 metros de diâmetro) explodiu em pleno ar.” 

"Embora só tenha devastado uma floresta desabitada, se tivesse explodido sobre Londres poderia ter devastado tudo dentro do M25.”

"Nossos resultados destacam aqueles países que enfrentam o maior risco global natural e, portanto, indicam que as nações precisam estar envolvidas na mitigação da ameaça."
 
De acordo com o DailyGalaxy.com vai demorar para um asteróide maior do que 9 quilômetros de diâmetro, destruir toda a vida vegetal e animal.  Pensando ter sido um asteróide, o responsável pela extinção dos dinossauros a 65 milhões de anos atrás, uma rocha de até 16 quilômetros diâmetros batendo na Terra numa velocidade de 40.000 quilômetros por hora com uma força de 100 megatons, é o equivalente a uma bomba de Hiroshima para todo o planeta.

A Terra tem se esquivado de um evento como esse,  uma vez que em parte por causa do campo gravitacional de Júpiter, o que limita a nossa exposição a rochas espaciais.

Fonte: Daily Mail – UK
Leia a notícia completa em inglês AQUI

Comentário do Autor

Peço a este grupo de cientístas e astrônomos profissionais, que melhorem seus cálculos, métodos e equipamentos de varredura espacial, para saber o que realmente, está colocando nosso planeta em perigo, pois se for igual ao último detectado por eles, que raspou a Terra, o 2011MD, estamos todos fritos e sem “aviso prévio”.

Gério Ganimedes

terça-feira, 28 de junho de 2011

Cientistas Russos Preveem Encontrar Alienígenas até 2031

© colagem: "Voz da Rússia"

Os cientistas russos esperam encontrar civilizações extraterrestres dentro de 20 anos, declarou o diretor do instituto da astronomia aplicada da Academia das Ciências da Rússia Andrei Finkelstein durante a coletiva de imprensa em São Petersburgo nesta segunda-feira(27). Segundo o cientista, citado pela agência Interfax, o mais provável é que os extraterrestres sejam humanoides.

Dia 27 de junho de 2011, foi inaugurado, no instituto da astronomia aplicada da Academia das Ciências, o simpósio internacional "Procura de Civilizações Extraterrestres".

Fonte/Crédito: Voz da Rússia
http://portuguese.ruvr.ru/2011/06/27/52461775.html


 
Gério Ganimedes
Colaboração: Jay Soul


Ovni Biológico

Frame do vídeo - crédito: OpenMinds.tv


     O caso é antigo, mas acho que vale, ser analisado.

   A equipe de pesquisadores da "Open Minds" tirou fotos de um objeto estranho, aparentemente um "Ovni biológico" no céu acima da Cidade do México. Um Ovni parecendo uma água-viva translúcida com uma cauda de fogo brilhante foi fotografada "nadando" no céu, numa manhã, sobre a Cidade do México. O objeto foi fotografado usando uma lente zoom de alta velocidade em janeiro de 2009 e revelado em um vídeo divulgado pela OpenMinds.tv em 16 de junho se 2011 no YouTube. Jason McClellan, fotógrafo da Open Minds, capturou as imagens a partir do telhado da residência do companheiro e fotógrafo Arturo Robles Gil. Robles vê regularmente Ovnis misteriosos como esse do vídeo, sobre a Cidade do México e convidou a equipe de McClellan para documentar algumas provas.



Fonte: YouTube

Crédito:  openmindstv



Vamos a mais uma proposta de análise ...

Gério Ganimedes

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Agroglifos em Honeystreet, Alton Barnes, Wiltshire, Reino Unido

Crédito: Google Maps

O mais recente caso de circulos na plantações, apareceu em Alton Barnes, Wiltshire, Reino Unido, reportado no dia 26.06.2011 e apesar de muitos estarem dizendo que estas marcas foram feitas, por humanos, utilizando-se de tecnologia GPS (Sistema de Posicionamento Global) e "apetrechos especiais", acho que merece uma análise mais apurada quanto ao nível de detalhamento e simetria das formas geométricas apresentadas.


 
Fonte: YouTube
Crédito:  1coeurdelumiere

Fiquem bem 

Gério Ganimedes

domingo, 26 de junho de 2011

Falsos Vídeos de Ovni Perturbam e Desviam o Foco da Pesquisa Ufológica - Atualização

Frame do primeiro vídeo - crédito: grgstafford

Não é de agora que vídeos e fotos de ovnis, ufos e extraterrestres aparecem para nós e algum tempo depois são revelados como fraudes muito bem arquitetadas, no que costumo chamar de “ufologia regressa”. Com o sucesso das redes sociais na internet, servidores para armazenamento de produções domésticas de vídeos, fotos e a própria disseminação de blogs, nós, ufólogos e adoradores do assunto, estamos combatendo uma praga, para manter nossas pesquisas limpas e isoladas deste tipo de contágio, que em 90% tem fundo publicitário. Penso que como tudo que há de bom, honesto e positivo no mundo, existe também uma força oposta negativa, desonesta e que desequilibra a pesquisa e as verdadeiras provas apresentadas. O que fazer nestes casos? Ser o mais frio, técnico e crítico possível, um verdadeiro cético, para poder filtrar e selecionar e posteriormente, publicar e informar apenas a “nata” da Casuística ovni mundial.   


Coletei dois vídeos recentes, que foram gravados e produzidos na Inglaterra e que após análise básica, as fraudes são facilmente detectadas.

Fonte: YouTube
Crédito: grgstafford



Fonte: YouTube
Crédito: jfrissina

  
Atualização com Análise Digital do Frame




Frame do vídeo analisado
Análise - Gério Ganimedes: Observe a forma, 
que parece inserida no vídeo deixando um quadrado
delimitado e marcado nos pixels em volta  do disco branco 
  clique na imagem para ampliar



Imagem invertida delimitando o "shape" 
inserido na imagem
clique na imagem para ampliar 


Mais uma proposta de análise para vocês ... na minha humilde opinião, após análise digital, é mais um "Fake".

Fiquem bem

Gério Ganimedes

sexta-feira, 24 de junho de 2011

Suposto Ovni no Balneário Gaivota, Santa Catarina - Brasil


Este vídeo foi gravado no Balneário Gaivota, próximo a Sombrio, estado de Santa Catarina, Brasil, conforme descrição do usuário que publicou o vídeo no YouTube. O que impressiona no vídeo são as várias luzes que oscilam no objeto registrado.

Descrição do vídeo: Ovni em plena luz do dia com diversas luzes, às 17h49min. Eu o filmei até ele descer atrás das árvores. Balneário Gaivota, dia 11 de junho de 2011.



 Fonte: YouTube
Crédito: zocazingano1


Agradecimentos ao nosso colaborador: Paragua

Gério Ganimedes



Preocupados Com Objetos Espaciais?


Foto/Crédito: RIA Novosti

 

Satélite russo participará do projeto de pesquisas cósmicas internacional a partir de 18 de julho

O satélite russo "Spektr-R", equipado para o lançamento na União Científico-Industrial "S.A. Lávotchkin", vai partir nesta sexta-feira ao cosmodromo de Baikonur, no Cazaquistão, para ser preparado para o lançamento, previsto para 18 de julho, informa a agência de notícias ITAR-TASS, se referindo ao chefe do Centro Astrocósmico do Instituto Físico da Academia das Ciências da Rússia (FIAN, pela sigla russa) e o também dirigente do projeto "Radioastron", acadêmico Nikolai Kardachev.

A missão deste aparelho cósmico consiste em pesquisas do Universo no quadro do projeto internacional "Radioastron", destinado à criação dum sistema unificado do interferômetro terrestre-espacial para aperfeiçoar a obtenção dos resultados das medições de vários objetos do Universo. O projeto estudará núcleos galácticos ativos, buracos negros supermassivos, estrêlas de neutrões e outros objetos e fenômenos importantíssimos.
O programa "Radioastron" é elaborado pelo Centro Astrocósmico do FIAN, que é o coordenador deste projeto, em que participam especialistas de 20 países, e a principal organização de equipamento científico.


Gério Ganimedes
Colaboração: Abreu

Um Novo Asteróide Detectado, Passará Próximo a Terra

Nesta Ilustração, a NASA mostra o asteróide 2011 MD (linha azul),
quase sobreposto a órbita da Terra (linha branca). Os dois objetos
  se cruzam na parte inferior e terá uma passagem muito próxima 
em 27 de junho de 2011
Crédito: NASA/Near-Earth Obect Office
 

Os oficiais da NASA dizem, que o asteróide fará sua maior aproximação as 09:26 EDT (1326 GMT) em 27 de junho de 2011(segunda-feira) e passará pouco mais de 12.000 Km acima da superfície da Terra. Neste momento em particular, o asteróide - que os cientistas chamam de 2011 MD – estará viajando alto na costa da Antártida, a quase 3.218 km a sul-sudoeste da África do Sul.  O asteróide 2011 MD, foi descoberto na quarta-feira (22 de junho) pelo LINEAR (*Lincoln Near-Earth Asteroid Research), um par de telescópios robóticos, no Novo México que varrem os céus para detectar os asteróides próximos da Terra. As melhores estimativas sugerem que este asteróide tem entre 9 e 30 metros de largura.
 
 
 
Clique na Imagem para acessar Programa da NASA


Fonte: Space.com
Tradução e adaptação de texto: Gério Ganimedes




Múltiplos Ovnis Descendo nas Florestas da Pensilvânia, EUA

Pine Bush, NY - EUA


Por Gério Ganimedes


Estes tipos Ovnis em forma de esferas de luz se transmutam em pequenas esferas de plasma ou "orbs" com cores variadas, atingindo as vezes todo o espectro de cores de um arco-íris. Apesar de não serem vistas, a menos que você tenha binóculos de visão noturna, eles parecem ter algum dispositivo para evitar a detecção, desviam a luz de maneira que não possam ser vistos a olho nú ou com instrumentos óticos convencionais.  Estão comprovadamente descendo cada vez mais perto, a nível do solo, entrando e saindo de nossos oceanos e se parecem com meteoros a flutuar, porém com controle inteligente e lógico, numa freqência de visão, invisível a nossa visão limitada. Suas atividades e “táticas” estão mudando, seu número cada vez maior em avistamentos é crescente, principalmente em áreas militares. As vezes, eles mudam de forma, alternando de uma esfera para formato discoidal.  Uma tecnologia muito avançada está por trás desta mutação de forma, que pode transformar sua estrutura sem que prejudiquem sua aerodinâmica e funcionamento. A geometria já não consegue nomear as diversas formas em que se apresentam para as testemunhas.  As vezes, parecem estar imitando nossas aeronaves, aviões ou helicópteros. Estariam “eles” utilizando-se de técnologia holográfica para gerarem “avatares” terrestres? 

 Frame do vídeo - Crédito Alison Kruse


Sua tecnologia avançada supera as formas ultrapassadas, até mesmo dos mais avançados engenhos militares e aeronáuticos. E isso não é conclusão baseada em dados científicos, mas pela própria lógica do pensamento e da física com conhecemos e estudamos. Qual tecnologia poderia permitir um ser vivo e inteligente sobreviver a um veículo ou nave, que pode expandir, contrair ou mesmo mudar de forma, além disso mudar de velocidade em movimentos bruscos, sem sofrerem a ação da força gravitacional?

Os vídeos das últimas semanas, registrados por diversos cinegrafistas especializados, muitos já recebidos e analisados pela nossa equipe, demonstram que somente com equipamentos de amplificação de luz e outros tipos dispositivos de varredura térmicas estamos conseguindo capturar nossos visitantes, que com certeza já estão espalhados por toda a superfície do planeta e oceanos.  O número de relatos submetidos ao MUFON (Mutual UFO Network), tem aumentado em números exponenciais fantásticos e as testemunhas não tem mais dúvida do que o que está acontecendo é real e inegável. Mais de 15 pessoas do Projeto Quartzo Azul, estão analisando diáriamente a base de dados do MUFON e cruzando informações, testemunhos e localidades dos avistamentos, não há como negar. A situação para os governos, militares e agências de informação, está saindo do controle e a mídia, pelo menos a extrangeira, está começando a dar um enfoque especial para os sinais e mensagens vindas dos céus. Acredito que o grande momento, está a beira de nossa realidade. O fio que nos separa das evidências, fatos e o contato propriamente dito, está para romper a qualquer momento.

Analisem o vídeo abaixo.



Fonte: YouTube
Crédito: seeingUFOsPA

Fiquem bem 
Gério Ganimedes


quinta-feira, 23 de junho de 2011

A Comissão Brasileira de Ufólogos nos Trás uma Ótima Notícia


Ilustração - Gério Ganimedes

 
Notícia Divulgada pelo Portal da Revista UFO

Abrindo as comemorações do Dia Mundial da Ufologia (24/06), uma excelente notícia para toda a sociedade interessada na verdade sobre o Fenômeno UFO

Por Comissão Brasileira de Ufólogos(CBU)/Revista UFO

A Comissão Brasileira de Ufólogos (CBU) acaba de ser notificada que o novo Requerimento de Informações da Câmara (RIC) destinado ao Ministério da Defesa (MD) foi protocolado neste 22 de junho na Câmara dos Deputados pelo deputado federal Chico Alencar (PSOL/RJ). Seu número é 679/2011 e ele é ainda mais incisivo e detalhado que o anterior, o RIC 4470/2009, também de sua autoria, e pretende que sejam esclarecidas de forma definitiva muitas dúvidas e lacunas que ainda têm os ufólogos.

"Agora é aguardar a Mesa aprovar e enviar ao Ministério da Defesa. São cinco sessões no máximo, se não me engano, então o MD tem 30 dias para responder, prorrogáveis por mais 30", contabilizou Fernando A. Ramalho, coordenador da CBU e co-editor da Revista UFO. A partir deste momento, a Comunidade Ufológica Nacional ficará na expectativa e imaginando o que o MD vai responder - e por Lei tem responder! - ao deputado Chico Alencar. Se não se evadir nas respostas, podem surgir revelações sem precedentes na história da Ufologia Mundial.

"É coisa seríssima e seus resultados podem ser inimagináveis. Meus parabéns ao Ramalho pela persistência, ao deputado Chico pela coragem e pioneirismo e à toda a CBU por fazer aquilo que nenhum grupo de ufólogos do país, em época alguma, teve a iniciativa e a ousadia de fazer", disse A. J. Gevaerd, editor da Revista UFO.

Leia a notícia completa Portal da Revista UFO


O Documento completo, também está disponível para download no Portal da Revista UFO.

Fonte: Portal da Revista UFO
Crédito: Comissão Brasileira de Ufólogos(CBU)/Revista UFO

Fiquem bem

Gério Ganimedes

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Viva a Engenharia Reversa!


Novo tipo de aeronave voa como um OVNI


A IAT21, empresa de pesquisa austríaca revelou um tipo radicalmente novo de aeronave que poderiam tornar o helicóptero obsoleto.

D-Dalus pode "Decolar tão suavemente e silenciosamente como um balão de ar quente", dizem seus desenvolvedores.  Pode pairar, girar em qualquer direção e voar mais rápido que um jato.

Ao contrário dos aviões VTOL ou helicópteros, pode facilmente lidar com mau tempo ou no convés de um navio em mar agitado.

O sistema de propulsão é composto essencialmente por quatro conjuntos de discos de contra-rotação, cada um girando a 2.200 rpm por um motor aero-convencional. Os discos são cercados por lâminas, cujo ângulo de ataque, pode ser alterado utilizando servos controles, permitindo empuxo de ar em qualquer direção.  Isso permite que ele levante verticalmente, passe de uma posição fixa no ar e viaje ou gire em qualquer direção. Ele pode até mesmo 'colar' no convés de um navio impulsionando ar para cima.

Aparentemente, é mais fácil de voar do que um helicóptero, pois possui um controle tipo joystick simples. Pode ser reparado pelo mecânico de seu carro, porque não há partes externas móveis, tais como pás do rotor, além disso, tem visão de 360 graus. O veículo pode voar através de espaços pequenos ou passar junto a uma rocha ou parede.

Inicialmente, os designers dizem esperar que o sistema de propulsão passe a ser utilizado para robôs, em missões de busca, salvamento e afins, mas, eles acrescentam, em testes, parece que versões maiores são realmente mais eficientes e menos complexas, ou seja, não há nenhuma razão pela qual não poderia ser usado em aviões de passageiros.  Eles também prevêem que seja usado como uma plataforma pairando para carregar e descarregar navios. Agora, a maior versão, só pode levantar uma carga de 70 kg, embora IAT21 agora está trabalhando com a Cranfield University do Reino Unido em uma versão maior, mais poderosa.



Comentário do Autor

E depois querem que eu acredite que eles não capturaram, nenhum veículo de tecnologia extraterrestre e como eles dizem "Ovni" ... ah isso não existe é bobagem! 

CHEGA ... NÃO AGUENTO MAIS TANTA OMISSÃO E MENTIRA, vou começar a apelar também.
No bom sentido é claro pessoal, com mais informações e mais divulgação!

Gério Ganimedes

Os Ovnis e os Mísseis Nucleares

Foto meramente ilustrativa


Robert Hastings: Objetos Voadores Não Identificados Avistados Durante o Incidente de Mísseis Nucleares em outubro de 2010 – EUA

A Reuters não se responsabiliza pelo conteúdo deste comunicado de imprensa.

PR Newswire
TAOS, Novo México, 20 de junho de 2011

Em 23 de outubro de 2010, A Base da Força Aérea Americana F.E. Warren em Cheyenne, Wyoming,  perdeu temporariamente a capacidade de comunicar-se com 50 de seus mísseis Minuteman III. As cinco instalações de mísseis, responsáveis pelo lançamento de mísseis balísticos intercontinentais, compreendendo o Míssil Estratégico 319 - Squadron, teriam sido incapaz de fazê-lo durante o período da interrupção.



Esta história dramática vazou para Mark Ambinder, um editor contribuinte da "The Atlantic", que o publicou três dias depois. A Força Aérea dos EUA, em seguida, rápidamente reconheceram o problema, dizendo que um sistema de lançamento de backup poderia ter realizado a tarefa de lançamento afirmando que o colapso durou apenas 59 minutos.

No entanto, a última declaração era falsa, de acordo com dois técnicos de mísseis posicionados na base F.E. Warren, dizem que o problema de comunicação, enquanto intermitente, na verdade, persistiu ao longo de várias horas.

Significativamente, estes mesmos indivíduos relataram avistamentos por "vários membros da equipe" de uma enorme nave em forma de charuto que manobrou muito alto acima do campo de mísseis no dia da interrupção. O Ovni que apareceu era enorme, semelhante a um Zeppelin Alemão da segunda guerra mundial, mas não tinha gôndola de passageiros ou de publicidade em seu casco, como seria o caso de um dirigível comercial.

As fontes confidenciais da Força Aérea, também relataram que o seu comandante de esquadrão alertou testemunhas para não falar com jornalistas ou pesquisadores sobre "as coisas que eles podem ou não ter visto" no céu e ameaçou com penalidades severas para qualquer um que violasse a segurança. Conseqüentemente, essas pessoas devem permanecer anônimas neste momento.

A informação foi fornecida ao inquietante, notável pesquisador e autor Robert Hastings, que, ao longo dos últimos sete meses, já entrevistou policiais e testemunhas civis sobre a atividade Ovni em curso perto de locais F.E. Warren Mísseis Balísticos Intercontinentais, entre setembro de 2010 e abril de 2011. Hastings acaba de publicar uma exposição detalhada sobre estes desenvolvimentos, intitulado "Avistamento de Ovni Gigante Perto de Mísseis Nucleares Durante Outubro 2010 Interromperam Sistema de Lançamento", que pode ser lido AQUI.

O incidente com os misseis em 23 de outubro, ocorreu menos de um mês depois de 27 Setembro de 2010, durante conferência de imprensa no National Press Club em Washington DC, durante o qual sete veteranos da Força Aérea dos EUA, discutiram sobre incursões de Ovnis em locais de armas nucleares durante a Guerra Fria. A CNN transmitiu o evento ao vivo, um vídeo completo pode ser visto AQUI (áudio em inglês).

De acordo com os veteranos, incluindo dois coronéis reformados, os incidentes classificados ainda envolveram a súbita aparição de uma misteriosa nave aérea que brevemente pairava sobre locais ICBM (Mísseis Balísticos Intercontinentais), que por vezes interromperam a orientação dos mísseis e sistemas de controle, uma em dezembro 1980, no caso em que um OVNI em forma disco dispara um feixe laser em um depósito de armazenamento de armas nucleares.

As testemunhas disseram que se sentiam obrigados a falar sobre a realidade da atividade Ovni em locais de depósito de armas nucleares e pediram que o governo dos EUA, finalmente revelasse os fatos ao povo americano.

Sobre a situação recente na Base da Força Aérea Americana F.E. Warren, Hastings enfatiza, “Minhas fontes, não disseram que o OVNI avistado durante dia 23 de outubro de 2010 teria causado a interrupção nas comunicações com os mísseis. E deve-se notar que o Comando da Força Aérea oficialmente atribuiu o problema a uma "placa de circuito mal-substituída” em um processador de sistemas de armas”.

Ele acrescenta: “No entanto, a presença intermitente de uma enorme nave em forma de charuto durante as horas de crise foi definitivamente muito notada e comentada por várias equipes de trabalho técnico no campo da base de mísseis.”

Hastings conclui: "Os avistamentos Ovnis perto de locais de mísseis na F.E. Warren, nos últimos meses pelo pessoal da Força Aérea e civis, representam o mais recente capítulo na saga de conexão Ovni-Mísseis.  Suas histórias bem documentadas, como reveladas na desclassificação dos arquivos do governo dos EUA e testemunho ocular de militares, se estende até dezembro de 1948. Incontáveis desmentidos oficiais, sobre a realidade Ovni, foram emitidos ao longo dos anos, mas, cedo ou tarde, essa história incrível vai vir a público. O que precisamos agora é um governo corajoso, denunciante para vir para a frente com os fatos e alguns jornalistas ousados dispostos a tratar a história a sério e escrever sobre eles."


FONTE/Crédito: Reuters - Robert Hastings
Tradução e adaptação de texto: Gério Ganimedes



O Sexto Sentido Humano

Foto ilustrativa - Gério Ganimedes


Daily Mail UK

Os seres humanos realmente têm um sexto sentido ... que nos permite detectar campos magnéticos, mas não estamos cientes disso.

Por muito tempo este sentido é conhecido como ESP, “Sense Spider”, ou a capacidade de ver as coisas antes que elas aconteçam, mas agora os cientistas demonstraram que os seres humanos realmente têm um sexto sentido - que lhes permite detectar campos magnéticos. Testes mostraram que a humanidade pode ter o mesmo senso inato do campo magnético da Terra, que tem sido provada sua existência em animais.

Colocando uma proteína extraída da retina humana, em moscas de fruta, os pesquisadores notaram que o inseto modifica sua trajetória de vôo, como se seus olhos houvessem sido alterados. Isto sugere que o "sexto sentido" existe em seres humanos, mas nós não sabemos disso.

Animais usam esta “visão”, para navegar longas distâncias, durante a migração ou, no caso de aves, para "ver" para onde estão indo.

O Neurobiólogo, Steven Reppert, da Universidade de Massachusetts Medical School, disse ao LiveScience: “Isto coloca a questão: Talvez devêssemos repensar sobre esse sexto sentido? Talvez esta proteína do sexto sentido também cumpre uma função importante para a detecção de campos magnéticos em humanos”. "Ela pode ajudar os animais a perceberem como os objetos estão no tempo e no espaço, de uma forma que não havia pensado nisso antes."

Os testes complexos, envolvidos para examinar o processo pelo qual a luz passa através dos olhos de um pássaro, que tem intrigado a comunidade científica há mais de 30 anos.

No final de 1970, o físico Klaus Schulten, concluiu que as aves navegam por dependências geomagnéticas e sensíveis reações bioquímicas em seus olhos. Testes mostraram que as células especiais no olho, realizam esta função usando a proteína críptocromo.

A equipe do professor Reppert está usado moscas de frutas silvestres e substituído sua versão do críptocromo, com o equivalente humano, em seguida, colocando-as em um labirinto com cada asa envolta em uma bobina de metal. Eles, então, enviam uma corrente através delas, para que a bobina que magnetizada, imita o campo eletromagnético da Terra.

As moscas responderam exatamente da mesma maneira como se elas tivessem seu próprio críptocromo, evitando os campos magnéticos ou movendo-se em direção a eles, como se os pesquisadores houvessem colocado açúcar nas proximidades.

Um estudo anterior da Universidade de Oxford descobriu, que as aves podem ser capazes de "ver" o campo eletromagnético da Terra durante seus vôos.  Os testes mostraram que as reações diferentes, são produzidas nos olhos de todas as aves, dependendo da forma que gira o campo eletromagnético da Terra.

Estas reações podem criar uma imagem do campo em diferentes tons de claro e escuro em todo o olho do pássaro.

O novo estudo foi publicado na revista Nature Communications.

Fonte: Daily Mail – UK
Tradução e adaptação de texto: Gério Ganimedes
Leia a notícia completa em inglês AQUI



LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...