domingo, 31 de julho de 2011

Chupa-cabra Volta a Atacar, agora na Rússia

Crédito e reprodução: The Sun

 
Os fazendeiros já estão rezando na Rússia, para que seus rebanhos não sejam mais atacados por uma criatura sobrenatural que suga o sangue dos bichos. É, no vilarejo de Novosibirsk, todos estão falando na volta do lendário Chupa Cabra.

Segundo o tabloide britânico The Sun, a fera não mata os outros animais, apenas bebe o sangue deles. Um tipo de cachorro vampiro. Viktor Shushpanov, que mora no local, reclamou que o problema não tem solução.

- A polícia não faz nada. Eles estão com medo de escrever vampiro ou chupa cabra no relatório e parecerem idiotas, mas nós sabemos o que vimos.

Três outras cidades vizinhas também sofreram ataques. Viktor continuou.

- Meu irmão, quando ele vivia perto de São Petersburgo, há sete anos, acidentalmente fotografou um chupacabra. Ele tirou uma foto em família e nós vimos a face da besta na janela da cozinha. Era cinza e vermelho, com uma cara nada amigável, como um morcego com presas.

Viktor disse que o irmão ateou fogo na foto, com medo do que havia visto.

Fonte/Crédito: R7
http://noticias.r7.com/esquisitices/noticias/sumido-chupa-cabra-reaparece-atacando-na-russia-20110731.html


Colaboração: Luna


Gério Ganimedes

NASA e Vaticano de Olho nos Céus

Vaticano - Praça de São Pedro


Por Gério Ganimedes

Igreja parece adotar medidas imediatas para organizar possíveis mudanças sociais da Nova Era Terrestre

Uma mudança iminente está para ocorrer nas sociedades do mundo todo, sejam elas conseqüências de mudanças político financeiras, ou de um caos gerado por fenômenos cósmicos futuros. Para quem não sabe o Vaticano possui um dos mais bem equipados centros astronômicos que ainda contam com a presença de importantes astrônomos e instituições científicas da Argentina, Brasil, Canadá, Chile, Finlândia, Itália, Lituânia, África do Sul, Estados Unidos, entre outros, que estudam e acompanham os fenômenos cósmicos bem de perto. Portanto, nada como um dos paises que possuem um poder religioso imenso e de força mundial, para estar por dentro do que acontece na ciência. Poder este, que no momento certo, assim como já o fez no passado, controlando os ideais científicos e a “bruxaria”, torna-se, no dias atuais e período que estamos adentrando, de fundamental importância para a ordem mundial, atingindo unilateralmente todos os credos e religiões. Vejo isto com olhos de “ver” e uma idéia que tenho desde adolescente, “A Igreja necessita da ciência para curar, difundir e provar milagres, assim como a ciência precisa da igreja para explicar através do divino e da divindade Deus, para aquilo que não pode explicar em laboratórios, gráficos, palavras e teorias”. 

São tantos as notícias sobre objetos que cercam a Terra, meteoritos cadentes, asteróides companheiros, sol em alta atividade, cometas se aproximando, missões espaciais intermináveis com veículos reformados para viagens emergencias, diálogo inédito do Pontífice com os astronautas na penúltima missão da NASA, terremotos, vulcões que antes adormecidos agora resolveram acordar todos ao mesmo tempo. Sem falar ainda dos milhares de avistamentos de Ovnis atravessando fronteiras, países e continentes. È tanta coisa, junto, acontecendo, que nos demos conta, de que temos que acordar deste sono hipinótico e pesquisar, pois se isso não for feito, continuaremos como ovelhas de um rebanho no corredor da morte, apenas esperando, sem nada fazer, para finalmente receber a paulada mortal na cabeça. Então vamos a luta, a pesquisa e aos fatos.

Um pouco de Astronomia ligada a Igreja

Observatório do Vaticano – Specola Vaticana

O Observatório do Vaticano (também conhecido como Specola Vaticana) é um instituto de pesquisa astronômico que depende diretamente da Santa Sé. É um dos institutos mais antigos do mundo. Foi fundado pelo Papa Gregório XIII, em 1572, por recomendação do Concílio de Trento, que também recomendara uma nova reforma no calendário. Sua localização inicial era a Torre dos Ventos, no Palácio do Vaticano. Foi a partir das observações dos astrônomos Chistovam Clauvius e Aloisius Lillios que foram verificados erros no calendário Juliano e pavimentado o caminho para o calendário gregoriano. Inicialmente matemáticos e astrônomos jesuítas trabalhavam no instituto e posteriormente, integrantes de outras ordens religiosas, como os barnabitas, os agostinianos e oratorianos. Atualmente a responsabilidade do observatório compete à Companhia de Jesus. Durante muito tempo o Observatório foi obscurecido pelo Observatório do Colégio Romano e o Observatório do Capitólio, ambos localizados em Roma e sob a responsabilidade do Papa. Em 1889, o Papa Leão XIII refundou o observatório, e o colocou nos jardins atrás da Basílica de São Pedro. Em 1939 o Papa Pio XI decidiu transladá-lo para Castel Gandolfo, a residência de verão do Papa, onde pode abrigar instrumentos mais modernos e ser criado um departamento de astrofísica para estudo da estrutura e evolução da Via Láctea.

Em 2009 decidiu-se transladar o observatório para a cidade vizinha de Albano, por causa do crescente número de visitantes, que afetam o local de repouso do Papa. Entretanto, serão mantidos pontos de observação em Castel Gandolfo.  O Observatório abriga uma biblioteca com 22 mil títulos, entre eles livros antigos e raros, como obras de Galileu Galilei, Nicolau Copérnico, Isaac Newton, Johannes Kepler e outros cientistas famosos. Possui também uma relevante coleção de meteoritos. Um segundo grupo de pesquisa, o Grupo de Pesquisa do Observatório do Vaticano, foi fundado em 1981 em Tucson, em colaboração com a Universidade do Arizona. Em 1993, foi concluída a construção do "Telescópio de Tecnologia Avançada do Vaticano", no Monte Graham, no deserto do Arizona, considerado um dos melhores locais de visibilidade astronômica. As principais atividades do Observatório são realizadas por este grupo. As linhas de pesquisa científica incluem fotometria e espectroscopia sobre aglomerados estelares; estudo da distribuição espacial das estrelas de diferentes tipos espectrais; órbitas de estrelas duplas; produção de atlas de espectro de interesse astrofísico, entre outras.


Mas, o que está acontecendo a nível científico e religioso que chama a nossa atenção?

A notícia abaixo contém informações atualizadas e importantes dos trabalhos de pesquisa do Vaticano no âmbito da astronomia. A notícia foi publicada no portal Canção Nova no dia 25 de junho de 2009.

Vaticano muda sede de Observatório Astronômico

Ecclesia

Um antigo mosteiro nos jardins do Palácio Apostólico de Castelgandolfo será a nova sede da Specola Vaticana, o observatório astronômico da Santa Sé, informou a agência de notícias italiana ANSA. Durante 70 anos, o observatório ficou no interior do palácio que é residência de férias dos pontífices. Em cada andar era guardada uma parte dos materiais e documentos. De acordo com o diretor do Observatório, padre argentino José Funes, "o problema do espaço se tornou urgente", principalmente com a previsão da entrada de novos jesuítas nos próximos cinco anos. A biblioteca, por exemplo, ficava nos dois últimos andares do edifício. Além de uma coleção de meteoritos, este espaço guarda cerca de vinte e dois mil volumes, com obras de Copérnico, Galileu, Newton e Kepler, entre outros.  O laboratório e as fotografias de observações feitas entre 1895 e 1979 eram guardados no piso térreo, onde também eram ministradas as aulas da "Escola de Verão". Já as salas dos jesuítas responsáveis pela Specola estavam entre o segundo e o último andar. "Transferir as coleções da biblioteca da Specola Vaticana foi um grande desafio logístico", ressaltou Funes, comentando a mudança.  


Histórico


As origens do Observatório remontam a 1578, quando Gregório XIII erigiu no Vaticano a Torre dos Ventos e convidou os jesuítas astrónomos e matemáticos do Colégio Romano a preparar a reforma do calendário, que foi promulgada em 1582.

Desde dessa época, o Vaticano apoiou a pesquisa astronómica, tendo sido fundados, com o apoio do papado, três observatórios: Colégio Romano (1774-1878), Capitólio (1827-1870) e Specola Vaticana (1789-1821). Foi na continuidade desta tradição e em resposta às acusações dirigidas contra a Igreja de ser contrária ao progresso científico, que Leão XIII refundou, em 1891, o Observatório do Vaticano, localizado num monte situado perto da Basílica de São Pedro. Os colaboradores desta instituição eram originários de diversas ordens religiosas. Com a generalização da luz elétrica, as noites de Roma se tornaram gradualmente mais luminosas, dificultando as observações noturnas. Por este motivo, o Papa Pio XI determinou que o observatório fosse transferido para a residência de Verão dos pontífices, em Castelogandolfo, a cerca de 25 quilômetros a sudeste de Roma.  Confiadas aos jesuítas, as instalações começaram a funcionar nos anos 30 do século passado, sendo adquiridos dois novos telescópios e um laboratório para análise espectro química.  Devido ao crescimento de Roma e das regiões vizinhas, o céu de Castelgandolfo se tornou mais iluminado, sendo, portanto, em 1981, fundado um segundo centro de pesquisa em Tucson, Arizona, Estados Unidos.  A parceria com o Observatório Steward, da Universidade do Arizona, possibilita o acesso dos astrônomos do Vaticano a todos os telescópios geridos por aquela instituição. Os dois organismos terminaram em 1993 a construção do "Telescópio Vaticano de Tecnologia Avançada", primeira etapa de um projeto que prevê a edificação de alguns dos maiores e mais sofisticados equipamentos astronômicos do mundo. O Observatório considera que a localização destes aparelhos, no Monte Graham, é "provavelmente" a melhor dos Estados Unidos continentais.


Uma instituição aberta ao exterior


A Specola Vaticana desenvolve as suas pesquisas em colaboração com institutos da Argentina, Brasil, Canadá, Chile, Finlândia, Itália, Lituânia, África do Sul, Estados Unidos, entre outros. O Observatório também acolhe cientistas que colaboram nas investigações em curso. De dois em dois anos, a sede de Castelgandolfo organiza uma Escola de Verão, que, durante um mês, recebe 25 estudantes de várias partes do mundo.  Além do relatório anual, que é distribuído a cerca de 400 institutos, o Observatório publica a revista Studi Galileiani, sobre as pesquisas em torno dos estudos de Galileu e Copérnico. 

O financiamento do organismo é assegurado pela Santa Sé, mas os programas especiais, como os realizados nos Estados Unidos, contam com as contribuições de benfeitores, através da Fundação do Observatório Vaticano.


Os Fatos Atuais

Estariam os eventos espaciais e astronômicos preocupando a Igreja?

Notícia veiculada pela - Igreja do Mundo
Arquidiocese do Rio de Janeiro

Vaticano Apresenta Documento Preparatório do Sínodo dos Bispos


No próximo ano, entre os dias 7 e 28 de outubro, será realizada no Vaticano a 13ª Assembléia Geral do Sínodo dos Bispos. A nova evangelização será o tema central da assembléia.

Foi no dia 24 de outubro do ano passado, ao celebrar o encerramento da Assembléia do Sínodo dos Bispos para o Oriente Médio, realizada na Cidade do Vaticano, que o Papa Bento XVI anunciou para 2012 a 13ª Assembléia Geral do Sínodo dos Bispos. Na ocasião, ele também anunciou o tema que será refletido no ano que vem: “A nova evangelização para a transmissão da fé cristã”.

Na semana passada, foi apresentado o documento de preparação para os trabalhos. A apresentação foi feita pelo arcebispo Nikola Eterovic, secretário-geral do Sínodo dos Bispos. Também esteve presente monsenhor Fortunato Frezza, subsecretário da Secretaria Geral do Sínodo dos Bispos.

O Documento

O documento tem 70 páginas, foi publicado em oito idiomas e está dividido em três capítulos: a urgência de uma nova evangelização, o dever e os desafios de evangelizar e os possíveis cenários da nova evangelização do cristianismo moderno.
De acordo com o arcebispo, a introdução trata da distinção teórica entre a evangelização como atividade regular da Igreja. É o primeiro anúncio para quem ainda não conhece Jesus Cristo e para as pessoas que foram batizadas, mas que ainda não são suficientemente evangelizadas. “Nesta introdução se situa o renovado compromisso ecumênico da evangelização que a Igreja empreendeu depois do Concílio Vaticano II.”
“Tempo da Nova Evangelização”. Este é o título do primeiro capítulo, que descreve o nascimento do conceito da nova evangelização e de sua difusão durante os pontificados de João Paulo II e Bento XVI. Segundo o arcebispo Eterovic, esta parte do documento apresenta seis tópicos que a Igreja deve refletir para estar à altura do contexto social e cultural da nossa época e da fé cristã: a secularização, a migração, os meios de comunicação, o setor econômico, a investigação científica e tecnológica e o setor público.

O segundo capítulo é “Proclamar o Evangelho de Jesus Cristo”. “Nele se afirma que o objetivo da evangelização é o anúncio do Evangelho e a transmissão da fé”, disse o arcebispo. Ele completou ainda a reflexão deste capítulo, afirmando que o Evangelho não deve ser entendido como um livro ou uma doutrina, mas sim como uma pessoa: Jesus Cristo, Palavra definitiva de Deus que se fez homem.

No terceiro capítulo, “Iniciar a experiência cristã”, o documento propõe a reflexão sobre as ferramentas que a Igreja possui para introduzir as pessoas na fé, principalmente os sacramentos do Batismo, do Crisma e da Eucaristia.

E por último, tem a conclusão, que reafirma que a nova evangelização deveria voltar a acender nos cristãos as suas origens, uma nova evangelização que envolva todos os membros do povo de Deus.

No final do encontro com os jornalistas, o subsecretário da Secretaria Geral do Sínodo dos Bispos, monsenhor Fortunado Frezza, recordou que a palavra sínodo significa caminho de comunhão, e destacou a responsabilidade do sínodo como os sinais dos tempos, com o discernimento e dinamismo próprios da Igreja, de sua fé e das obras da fé e da caridade pastoral.

Segundo o arcebispo Eterovic, a revolução tecnológica marcou a passagem do século XX para o XXI. A nova geração, nascida neste período, tem aptidão para lidar com todas as ferramentas eletrônicas e dispositivas tecnológicos das mais variadas vertentes. Enquanto isso lembra ele, as pessoas de mais idade tentam ainda encontrar um lugar nesse mundo em que o real nem sempre é virtual, mas o que este virtual se esforça no sentido de se tornar real.

“A humanidade vive um período novo da sua história, caracterizado por profundas mudanças e rápidas transformações que progressivamente se estendem para todo o universo.”

O documento lembra que Maria é chamada estrela da nova evangelização, e que ao comunicar essa nova evangelização fica sempre a pergunta de São Paulo: “Como eles vão acreditar se não tiver alguém para anunciar?”


Vamos agregar mais notícias, para fazer o cruzamento:


 
Notícia veiculada pelo Portal Vigiai: 26.000 Pastores recrutados pelo Órgão Federal FEMA nos USA. Veja a notícia completa AQUI



Notícia veiculada no Portal da FEMA:

Tradução resumida do documento

FEMA, FCC anunciam teste nacional do Sistema de Alerta de Emergência.

Similar ao Sistema local de emergência e testes de Alerta, este teste é programado para ocorrer em 09 de novembro de 2011.

Data de lançamento: 9 de junho de 2011

Número de lançamento: HQ-11-099


WASHINGTON, DC – Departamento Nacional de Segurança – Agência de Gestão de Emergencias (FEMA) e a Comissão Federal de Comunicações (FCC), vão realizar o primeiro teste de âmbito nacional do Sistema de Alerta de Emergência (EAS). O teste nacional ocorrerá em quarta-feira, nove de novembro de 2011, as 02:00 pm e pode durar até três minutos e meio. O EAS é um alerta nacional e um sistema de alerta estabelecido para permitir que o presidente dos Estados Unidos possa comunicar-se com o público americano durante emergências. O Serviço Meteorológico Nacional da NOAA, governadores e autoridades estaduais e locais de emergência também podem usar partes do sistema para emitirem alertas de emergência mais localizados. Veja o documento completo em inglês AQUI


Comentários e Análise

Por Abreu

Uma nova evangelização, possíveis cenários da nova evangelização, a investigação científica e tecnológica, a responsabilidade do Sínodo com os "sinais dos tempos". Ora, amigos, a expressão "sinais dos tempos", em linguagem religiosa, somente foi utilizada por Cristo, quando anunciava o final dos tempos e o retorno do filho do homem. “Haverá sinais no céu e na terra”.

Afora isso, todos os profetas: Jeremias, Isaias e inclusive São João, no Livro do Apocalipse, faziam menção aos “SINAIS DOS TEMPOS”, quando anunciavam o que aconteceria antes do "FINAL DOS TEMPOS"... Além disso, o documento tem essa frase enigmática:

“A humanidade vive um período novo da sua história, caracterizado por profundas mudanças e rápidas transformações que progressivamente se estendem para todo o universo.”

Vamos agora, correlacionar todos os fatos, em seqüência:

 Fevereiro de 2011 - FEMA licita a compra de 420 milhões de refeições (3 refeições ao dia, durante 10 dias, para 14 milhões de pessoas: 3 x 10 x 14 = 420). Nota: o estoque médio da FEMA é de 6 milhões de refeições. Por que estocar, então, 420 milhões de refeições?

Maio de 2011 – EUA programam "chip" especial em celulares para "comunicação rápida com a população", em caso de desastres ou emergências.  Papa conversa com os astronautas no espaço.

Junho de 2011 - A FEMA realizará um teste de emergência, no dia 09 de novembro, em caráter nacional. Pois é, veja que interessante. 9,11 (torres gêmeas e agora, 11/9, teste nacional de emergência). 11/9 e agora 9/11.

Julho de 2011 – Vídeo da NASA "ALERTA À FAMILIA NASA" com a fatídica frase final: "ESTEJAM PREPARADOS". FEMA "RECRUTA" 20.000 PASTORES DE "OVELHINHAS". (Não tive ainda como confirmar se de fato ocorreu essa reunião). Vaticano convoca Sínodo para outubro.

Amigos

Várias "mentes" podem melhor, refletir sobre tudo o que está acontecendo e o que poderá nos acontecer... E, como ensina o meu bom amigo J. F. A., acompanhemos: "A SILENCIOSA E IMPLACÁVEL LINGUAGEM DOS FATOS"...


Abraços Abreu


Conclusão 

Por Gério Ganimedes


Se não bastassem todas estas “atividades suspeitas”, ainda temos um Cometa de nome Elenin, o aumento da atividade solar, a energia escura recém descoberta, a rodear nossas idéias e pesquisas. Mas, o que podemos tirar de todo este intrincado enigma mundial, é que algo, realmente está acontecendo. Então sigamos nosso trabalho de expor o que acontece para que juntos, como nosso amigo Abreu disse acima, possamos “juntar nossas mentes” para em conjunção de energia, idéias e teorias concretas, chegarmos, não a mensagens alarmistas, mas sim a verdade absoluta, pois ninguém aqui quer o fim, a catástrofe e a destruição, queremos sim a destruição, não do mundo, mas do domo, do muro ou da cortina de escuridão que esconde de nós, simplesmente a VERDADE.

Fiquem bem

Gério

Fontes de pesquisa e documentos:

Fotos – crédito: Wikipédia

Organização, texto e ilustração: Gério Ganimedes
Pesquisa, colaboração e comentários: Abreu e Gério Ganimedes
Iniciativa de pesquisa e apresentação: Equipe do Projeto Quartzo Azul

 

sábado, 30 de julho de 2011

Quem Somos Nós Como Espécie, Afinal?

 Velociraptor - Ágil, rápido, inteligente e bípede
Caçavam em grupos organizados


Por Gério Ganimedes


Canalizações e mensagens recebidas por contatados mostram um passado de espécies, que podem estar retornando à biosfera que outrora deixaram para trás.

De acordo, com a análise de diversas canalizações e mensagens recebidas por contatados, de seres de outro espaço, dimensão ou universo, é sabido que houve "mundos anteriores" ao nosso, aqui mesmo nesta mesma crosta de terra, modificada e lapidada pelo tempo. Para eles, a nossa noção de nascer do universo, é a transição de um ciclo para o outro.

Civilizações muito mais antigas que a nossa, estão aqui desde tempos remotos, no entanto, as formas de vida nativas para a Terra, naqueles tempos, tiveram seu primeiro estágio de evolução, como bípedes, na maioria das vezes comprovadas por marcas deixadas na lama solidificada. Estas provas temporais foram deixadas por outros, que não como os de nossa atual espécie, mas sim de formas humanóides avançadas, com capacidades de realizar viagens interestelares.  

Segundo mensagens que vem sendo recebidas, esta presença ocorreu a cerca de 120 milhões de anos atrás, onde formas como Sauroid (répteis), existiram e desenvolveram-se, criadas através, de intervenções biotecnologicas em uma cepa de vida que se tornou o que, hoje conhecemos como dinossauros. Esta era a intenção de criação primária, a principal forma de vida na Terra, para atingir a maturidade como bípedes inteligentes, exatamente como a imagem espelhada de seus criadores, mas o que se sabe, nos dias atuais é tão somente o que aconteceu com os dinossauros. Entretanto, eles sabem que a Terra foi e ainda é um planeta relativamente instável, astrofisicamente falando, já que está localizado na parte interna de um sistema solar que é visitado periodicamente por um planeta transitório, que de tempos em tempos, se aproxima, causando alterações gravitacionais severas, combinado com os efeitos do sol e pela própria reação do sol, que também é afetado por estas mesmas forças, puxando nosso planeta, mudando seu ângulo de inclinação e em conseqüência deste arrasto cósmico espacial, inclina seu eixo de rotação, causando efeitos catastróficos incalculáveis e até mesmo a níveis de extinção.

Portanto somos apenas um milionésimo de segundo, no calendário anual da vida na Terra. Quem sabe as muitas mensagens, recebidas estão sendo simplesmente capturadas, pela aproximação de nossos criadores, Deuses ou um único pai criador e manipulador, que estão ativando neurônios adormecidos, equipamentos “bioeletrônicos”, que nem sabíamos que tínhamos instalado em nossa constituição humana.

A simples aproximação dos “irmãos” cósmicos, ou criadores, está fazendo estes micros sensores humanos, entrar em atividade e como conseqüência, facilitando o contato, a compreensão, ou mesmo nos fazendo lembrar de como fomos num passado infinito de nossa existência.

Muitos questionam porque alguns recebem, alguns se comunicam, alguns pressentem e outros não?

Não é uma questão de ser melhor mais evoluído ou qualquer outra coisa, mas é como um tempo de despertar, de ativação e conexão. Alguns estão acordando e sentindo as mudanças, outros em breve sentirão e outros podem não ter tempo suficiente para ligar este grande receptor cósmico que Todos têm instalado dentro de si.  

Fiquem bem

Gério Ganimedes

Os Mistérios da Energia Escura

Foto/Crédito: RIA Novosti


Curiosidades Científicas – Projeto Quartzo Azul

Notícia publicada pelo portal Voz da Rússia

O que é que enche o vácuo?


Os cientistas estão prestes a desvendar o mistério de desenvolvimento do Universo. Um grupo de astrônomos britânicos e australianos demonstrou a existência da chamada “energia escura” que  faz o Universo alargar-se cada vez mais rapidamente. Esta descoberta põe em dúvida as teorias elegantes, baseadas na concepção não tradicional da gravitação.

Na década de 20 do século passado soube-se que o Universo está se alargando e que os quanto mais longínquos e remotos estão os objetos tanto maior é a velocidade da sua fuga. Impõe-se a impressão de que eles seriam impelidos por certa força. Esta força foi chamada “escura”, pois se trata de uma energia invisível que preenche uniformemente o vazio. O princípio teórico deste fenômeno foi formulado em 1998. No entanto alguns cientistas negavam a existência da energia escura. Em sua opinião a causa do fenômeno era outra – afirmava-se que nas distâncias grandes e supergrandes as leis de gravitação funcionam de uma outra maneira: inicialmente a atração mútua diminui e depois se transforma em repulsão. Esta teoria foi fundamentada nas obras de “modificação da gravitação”.

Mas agora os astrônomos demonstraram com ajuda de dois métodos totalmente independentes que a energia escura realmente existe. Durante cinco anos os britânicos e australianos conseguiram recolher com ajuda de um telescópio terrestre e um telescópio orbital dados sobre a “fuga” de 200 mil galáxias. Foi isso que constituiu a essência do primeiro método. O segundo conjunto de informações dizia respeito à velocidade de formação das aglomerações de galáxias e à heterogeneidade da sua distribuição no espaço. 

As galáxias mais velhas, que foram incluídas nesta “lista”, têm à volta de 8 bilhões de anos, o que corresponde a mais da metade da idade do Universo.

"Uma análise de toda a informação obtida confirmou o fenômeno de matéria escura. O mais simples é compará-lo ao fenômeno de antigravitação," - explica Pavel Lebedev, pesquisador – sênior do Centro Astrocósmico do Instituto Físico junto da Academia de Ciências da Rússia.

A energia escura é um certo meio condensado com propriedades totalmente incomuns. Esta energia possui uma pressão negativa enorme. A sua densidade aumenta à medida que o Universo se dilata. Se a sua quantidade é muito grande, o Universo alarga-se com uma certa aceleração e em vez da atração surge o fenômeno de repulsão.

Mas os adeptos da chamada “gravitação modificada”, que negavam a existência da energia escura, não estão dispostos a render-se Procuram aplicar os seus cálculos não somente para explicar a fuga das galáxias, mas também para os casos em que se trata de distâncias muito menores do que bilhões de anos-luz. Os físicos conhecem a chamada “anomalia dos Pioneiros”, isto é, o desvio estranho dos veículos “Pioneiro – 10” e “Pioneiro – 11”, lançados há 40 anos em direção aos extremos do Sistema Solar, em relação a suas órbitas pré-calculadas. O cientista norueguês Kjell Tangen conseguiu explicar através de emendas das fórmulas de gravitação a atual posição dos “Pioneiros”, mas as órbitas reais do Urânio e do Plutônio não se inscrevem nos seus cálculos. Portanto, os teóricos certificaram-se mais uma vez de que a troca de leis é uma via que leva para um beco sem saída. Quanto à trajetória destes veículos, esta podia ser mudar por causa da radiação térmica dos seus próprios sistemas de geração de energia ou em resultado da influência da matéria escura, chamada também substância escura. Por enquanto pode-se fazer apenas uma idéia indireta a respeito da influência desta substancia misteriosa, utilizando, por exemplo, o fenômeno de deturpação da forma espiralada das galáxias devido à distorção dos raios de luz por grandes massas invisíveis.

Pavel Ivanov prossegue:

A substância escura é constituída por partículas, cuja pressão é tão pequena em comparação com a energia escura, que pode ser menosprezada. Os cosmólogos afirmam que elas formam a “poeira cosmológica”. No processo de alargamento a sua densidade diminui. Se conseguirmos descobri-las, será clara a natureza das interações elementares e a natureza das partículas.

Mais de 95% da massa oculta do Universo corresponde à substância escura e à matéria escura, enquanto que a sustância atômica comum, de que são constituídos os seres humanos, os planetas e a estrelas, responde por menos de 5% desta massa. O esclarecimento da natureza da substancia escura e da energia escura representa, provavelmente, o maior problema das ciências naturais. Espera-se que o “Espectrômetro magnético – alfa”, que a lançadeira espacial “Endeavour” levou há relativamente pouco para a Estação Espacial Internacional, permita resolver este problema. Este aparelho único é obra conjunta de cientistas de 16 paises, incluindo a Rússia. Este espectrômetro de sete toneladas irá buscar nos raios cósmicos os produtos da interação fraca entre a substancia escura e a substancia comum.


Fonte: Voz da Rússia
Link: http://portuguese.ruvr.ru/2011/07/29/53929047.html
Todos direitos reservados © 2005-2011 Voz da Rússia

Fiquem bem 
Gério Ganimedes

Cometa Elenin - Novas Imagens


Fonte/crédito: spaceobs.org - Leonid Elenin
Marquei o Cometa com um círculo - Gério Ganimedes
Veja a animação AQUI 

Por Leonid Elenin


A primeira imagem do cometa Elenin obtida de um veículo espacial foi recebida em 22 de julho, pelo instrumento SWAN (Solar Wind Anisotropies), instalado no Observatório Dinâmico Solar (SOHO). O cometa foi detectado nas imagens do dia 22 de julho por Vladimir Bezugly. A resolução da imagem é baixa, mas o cometa é visível nas coordenadas (160 0, ligeiramente à direita do centro da imagem acima). Imagens foram capturadas a uma distância de cerca de 240.000.000 km (1,6 UA). Gostaria de lembrá-los, que dois dias depois, o cometa C/2010 X1 (Elenin) estará 32 vezes mais perto da espaçonave STEREO-B da NASA.

Tradução e adaptação de texto: Gério Ganimedes


Atividade Solar - Novas Erupções de Classe M

Detalhe da Ejeção - crédito: Spaceweather - NOAA - SOHO



Um "flare" extremamente forte, foi ejetado da mancha solar AR1261 o que desencadeou uma breve, mas muito forte erupção de Classe Solar M9, em 30 de julho as 02:09 UT.

O Observatório Dinâmico Solar da NASA gravou a forte emissão ultravioleta da explosão. Devido à sua brevidade, a erupção não lançou uma nuvem substancial de material para a Terra. A erupção não teve efeito geomagnético significativo, entretanto fortes erupções poderão ocorrer nas próximas horas, pois a região ativa continua a girar no disco solar que está de frente para a Terra. Uma mudança no campo magnético do sol e na consecutiva alteração de forma das manchas solares está ocasionando ejeções de classe C e M, incluindo uma poderosa explosão M9 que começou no dia em 30 de julho de 2011. Meteorologistas do NOAA estimam que haja 40% de chance de mais explosões como esta durante as próximas 24 horas.

Estamos atentos a evolução do disco solar ...

Fiquem bem
 
Fonte: NOAA – SOHO – Spaceweather.com
Análise dos gráficos, tradução e adaptação de termos: Gério Ganimedes



sexta-feira, 29 de julho de 2011

OVNI sobre Ho Chi Minh, Vietnam

Frame do vídeo - crédito: LGeary


O video foi gravado no dia 28 (correção 25) de julho de 2011, na cidade vietnamita de Ho Chi Minh. O registro mostra um objeto enorme deixando um rastro gigantesco no céu noturno. Não temos mais detalhes do registro, mas vale como propósta de análise. Na primeira análise parece ser um meteorito, mas a luz emitida é muito branca. Conto com a análise dos colaboradores, leitores e integrantes.

Clique no ícone para acessar o vídeo


Fonte: Youtube
Crédito: LGeary


Comentário do Autor

O que já aviso, desde agora, é que não venham tentar me convencer, que meteorito faz curva e retorna para o espaço ou que é uma pipa-Led, feita por um mecânico vietnamita!



Gério Ganimedes


Queda de Ovni no Mar em Flagler Beach na Flórida - EUA

Frame do vídeo - crédito: CH3MTRAILS

Segundo relato de testemunhas um objeto voador não identificado que brilhou nos céus de Flagler Beach na Flórida, teria caido no mar no dia 27 de julho de 2011. O Ovni ainda teria causado uma estranho brilho nos céus por vários minutos. Os salva-vidas passaram a noite procurando por algo que teria sido um avião que caiu no mar, mas tudo que se sabe até agora, é que pode ter sido qualquer coisa, menos um avião. Uma das testemunhas disse que estava caminhando na beira da praia na terça-feira à noite, quando avistou um rastro de um objeto em chamas no céu e ele logo em seguida, desapareceu entrando no oceano. "Eu nunca vi nada igual".

A guarda costeira iniciou as buscas ainda na terça-feira às 9h45min, até o outro dia de manhã, utilizando barcos e helicópteros não encontrando nada, logo foram encerradas as buscas. O que será que todas as testemunhas viram? Como havia um celebração à noite, e as pessoas utilizam este tipo de balão em festas, que plana por bastante tempo e depois lentamente cai no solo, esta seria a explicação mais lógica do que ocorreu na noite de terça-feira em Flager Beach na Flórida. Além de tudo, o comando aéreo informou que não houve relatos de acidentes aéreos.

Fonte do vídeo: YouTube
Crédito:  CH3MTRAILS
Tradução da Reportagem exibida pela rede de tv americana - NBC(Wesh 2): Gério e Jay


Clique no ícone para ver a reportagem no YouTube em inglês




Gério Ganimedes


quinta-feira, 28 de julho de 2011

Ovni Registrado em Moscou, Rússia

Frame do vídeo com destaque do objeto - Edição: Gério G. Crédito vídeo: olegen77


O vídeo abaixo foi gravado durante uma forte tempestade, no dia 28 de julho de 2011, na cidade de Moscou. Observem, que quando é dado zoom na imagem, o objeto parece saltar em alta velocidade, oscilando e dando a impressão, de formar um círculo comforme detalhe da foto acima.


Clique no ícone para acessar o vídeo no YouYube

  
Fonte: YouTube
Crédito: olegen77


Texto: Gério Ganimedes


 

Cientistas Capturam Buraco Negro Gigante

 CRÉDITO: X-ray: NASA/CXC/Univ. of Alabama/K.Wong et al, Optical: ESO/VLT


De acordo com um estudo recente, um buraco negro supermassivo, devorando gás quente em sua volta, foi visto claramente pela primeira vez em uma nova exibição do X-ray.

Buracos negros consomem material a seu redor e crescem usando sua gravidade intensa para puxar gases circundantes. Este fluxo de gás quente, como está sendo sugado em direção ao buraco negro, foi claramente visto pela primeira vez no no comprimento de onda do X-ray, ajudando os astrônomos a entender melhor como os buracos negros devoram o material ao seu redor e como a matéria se comporta neste ambiente extremo. O Observatório Chandra X-ray, examinou o buraco negro no centro de uma grande galáxia, chamada NGC 3115, que está localizado cerca de 32 milhões de anos-luz da Terra. A grande quantidade de dados anterior, mostrou material que cai em direção aos buracos negros, mas até agora, nenhum foi exibido de tal maneira, mostrando o gás quente em detalhes, disseram os pesquisadores. Segundo o que disse, Ka Wah-Wong da Universidade do Alabama em Tuscaloosa, "É emocionante encontrar evidências claras de como o gás é espremido por um buraco negro".






Fonte: Space.com
Leia a materia completa em inglês AQUI

Tradução e adaptação de texto: Gério Ganimedes

Ovni Registrado nos Céus de Natal, Rio Grande do Norte - Brasil

Frame do vídeo - crédito: AleBaiano


Objeto voador não identificado, emitindo luz verde, é avistado nos céus de Natal, no estado do Rio Grande do Norte. O vídeo tem baixa qualidade por ter sido gravado com a câmera de um celular. Segundo testemunhas o objeto se movia rapidamente, quando de repente o ovni desapareceu emitindo um forte ruido. Assistam abaixo a reportagem da rede de tv local.

Clique no icone para acessar o vídeo do YouTube


Comentário do Autor

Quanto ao ruido emitido pelo objeto, mais me pareceu, que quem estava gravando, se engasgou com um mosquito.

Gério Ganimedes





quarta-feira, 27 de julho de 2011

Asteróide "Trojan" Orbita Próximo à Terra


Esta imagem quase que de lado, da órbita da Terra e do asteróide 2010 "Trojan" (Tróia) TK7 (em verde) mostra o movimento vertical do asteróide em relação à Terra ao longo de vários anos. O asteróide foi descoberto pelo telescópio WISE da NASA e é o primeiro asteróide "Trojan" confirmado em pontos de Lagrange da Terra. CRÉDITO: Paul Wiegert, The University of Western Ontario.


O primeiro tipo, a muito procurado e que acompanha a Terra de perto, foi descoberto. É uma rocha espacial que está sempre dançando em frente de nosso planeta, ao longo de sua trajetória orbital, mas um pouco além, de nosso alcance. O asteróide, chamado 2010 TK7, tem cerca de 300 metros de diâmetro e está atualmente a 80.000 km de distância, em sua órbita.

Segundo pesquisadores, este asteróide é o primeiro de uma categoria conhecida como "Trojans" da Terra, uma família de rochas espaciais que poderiam ser, mais fácil de alcançar do que a lua, mas muitas vezes estes asteróides estão dezenas de vezes mais distantes. Tais asteróides, que há muito se suspeitava existir, mas não confirmado até então, poderão ser um dia, destinos valiosos para missões espaciais, especialmente por carregarem como eles elementos raros na superfície da Terra, acrescentaram.

O termo Trojan (Tróia), pode ser explicado da seguinte forma: Imaginem o Sol e a Terra como sendo dois pontos de um triângulo cujos lados são iguais em comprimento. O outro ponto de tal triângulo é conhecido como um ponto de Tróia, ou ponto de Lagrange, reconhecimento ao matemático que os descobriu. Asteróides com esses foram observados em combinação de pontos de Lagrange, do Sol com Júpiter, Netuno e Marte. Os cientistas já suspeitavam que o Sol e a Terra tinham um Trojan também, mas esses companheiros que habitam principalmente no céu diurno, vistos da Terra tornam-se em grande parte escondidos ou ofuscados pela luz do sol.


Fonte: Space.com - Wikipédia
Tradução e adaptação de texto e medidas: Gério Ganimedes



O Medo

Ilustração - Gério Ganimedes



Por Rubens

Amigos e amigas ou irmãos e irmãs do Projeto Quartzo Azul

Hoje, vou falar brevemente sobre um assunto que eu considero um dos maiores problemas e que condicionou toda a humanidade, sem falar que existem muitos outros, mas este sem dúvida prejudicará muitas pessoas para a ascensão, é um dos carros chefe do nosso ego e personalidade, o MEDO.

O medo só se aproxima e aparece em cada um de nós quando estamos afastados de Deus ou da luz.

A pergunta é?  Pois, se descobrimos que somos seres de luz, porque devemos ter medo? De quem somos filhos? Será que existe motivo para ter medo depois de tantas revelações? De onde vem este medo? Quem é culpado pelo nosso medo? Como devemos espantar o medo interior?

Os seres regressivos ou negativos sabendo desse trunfo utilizaram por milhares de anos, essa característica do ego humano... Foi usado no povo, nas nações e a título global.

Qual é o maior medo da humanidade hoje? A resposta será quase unânime de uma possível guerra nuclear, ou terceira guerra, então o medo aí toma outro caminho além de significar o poder sobre as outras nações, gera um medo entre o povo e a população, mundial, pois ninguém se esquece o triste fim que teve as duas cidades japonesas na segunda guerra mundial. Então o medo ele impõe por si só limitações para todos.

De que forma o medo nos atingirá nas nossas decisões?

Ele agirá como um bloqueio e criará obstáculos, para a luz não entrar ou não aproximar-se, estará sempre disfarçado junto com diversas emoções, muitas vezes não percebemos, o porquê do nosso NÃO, por que não conseguimos nos movimentar e por que não tomamos alguma atitude ou ficamos nos enrolando procurando resposta e mais resposta, colocando dúvidas, deixando o tempo passar, ficamos estáticos a tudo o que acontece a nossa volta, mas é o medo que já se encontra dentro de nós neste instante presente, querendo enganar tudo e todos, a nossa consciência neste exato momento ela está adormecida, por que na verdade a consciência sabe que algo está acontecendo, mas está tão distraída com outras coisas, que é impossível ela emitir um sinal vermelho, um aviso sonoro de alerta e de perigo, é aí que o ego toma conta ou o medo e somos totalmente dominados.

Muitos poderão usar outras palavras, mas é o medo que sempre toma a frente e ele derruba o ser humano, a não ser que ele esteja totalmente consciente e preparado para enfrentá-lo.

Se formos analisar a história da evolução ou de queda de diversas nações e impérios, todos foram impostos pelo medo, e assim grandes nações conseguiram suas conquistas.

O mesmo pode-se falar de alguns grupos religiosos, que através de suas doutrinas e suas leis nos impuseram muitas limitações na nossa vida diária, como por exemplo: Não praticar, fazer, pensar, usufruir, comer determinada coisa, dependendo dos dogmas da religião é pecado, o indivíduo é um pecador, está condenado, novamente o ego disfarçado no poder e impondo o medo, é assim que é formada a nossa sociedade.

E agora nos tempos atuais o ego está a nível global, sob a ênfase novamente do medo como algo ainda bem maior: O fim do mundo, o fim dos tempos, o apocalipse, chemtrails, projeto Haarp, gripe A, ataques terroristas, explosões solares, invasão extraterrestres, vazamento nuclear, aquecimento global,... São tantas informações vindo através dos meios de comunicação que são preparadas somente para este fim, que às vezes da vontade de enviar uma mensagem para os negativos ou ao governo oculto, para eles darem um tempo, pois não temos mais espaço para colocar mais medo no nosso interior.

Então amigos e amigas chegaremos a uma triste conclusão, nós seres humanos vivemos no medo, uma das características do nosso ego, que é explorada por muitos grupos com objetivo de manter a humanidade sob controle, escravizada, limitada, reclusa, submissa, temerosa no hoje, no amanhã e no futuro, assim todos estão confinados e presos pelo nosso sistema interno e externo e mais a supervisão dos governos ocultos que nos fiscalizam e nos controlam com todos os seus meios.

Por acaso eu estou falando alguma mentira?

Então estamos em concordância com as mensagens dos seres de luz, que dizem... “Vocês estão presos...” A uma sociedade, a uma política de degradação humana e espiritual, a encarnação, a essa terra, a esta dimensão. E a partir daí podemos fazer outras perguntas... Nós somos felizes? O que é felicidade? Nós somos livres? O que é liberdade? Se chegarmos à conclusão de que somos escravizados de alguma forma, não somos livres, portanto não somos felizes, não sabemos o que é felicidade... Estamos todos na escuridão, na ilusão e numa espécie de vai e vem entre a morte e a vida, encarnação e reencarnação e presos numa grossa densidade negativa.

Por isso e por tantas outras coisas a humanidade, hoje tem que fazer sua escolha e o tempo, está parando, o ponto zero ninguém sabe quando acontecerá, será o dia 21 de dezembro de 2012? , ou será antes? Ainda tem tempo para muitos fazerem suas escolhas, mais uma vez está sendo dado o livre arbítrio para cada um de nós, cada um será encaminhado conforme a sua vibração.

O que significa vibração?

Podemos definir como a Fé ou Coração, a vibração que vem de cada coração humano, só que será feito numa ordem individual, você irmão e irmã está tendo a oportunidade de separar o Joio do Trigo, posso fazer uma pergunta? Eu sei que sim, mas faça a você internamente... Você é Joio ou é Trigo? O que você deseja ser? É sua escolha, é seu livre arbítrio que está sendo colocado em prática, o seu direito, o seu dever e a sua obrigação como filho, “DE TUDO QUE É” (DEUS), e tudo será feito conforme o seu coração ou a vibração dele. Vibrar no medo é condenação é afastar-se da luz. Somente acolhendo a luz e estando na luz, afastaremos o medo de nós. “É por isso que os seres das estrelas dizem...” “Não existe lugar seguro, o único lugar seguro é o interno, seu interior que é seu exterior”.

Mas todos nós temos que ter a consciência, que este planeta Terra assim como o conhecemos não existirá mais, por isso está acontecendo tantas transformações a nível planetário e universal, surgirá uma nova terra de 3º dimensão conhecida como unificada, mas também de 4º dimensão unificada, de 5º dimensão unificada, agora vocês perceberam a diferença, antes era um planeta de separação, dualidade, sem luz... E no presente (aqui e agora), passará a receber direta a luz da fonte, então a nova terra fará parte do universo, das civilizações, dos seres unificados conhecidos como galácticos planetários e dimensionais.   

Mas meus amigos e amigas, irmãos e irmãs, se os seres humanos continuarem a trabalhar o medo, vão continuar a colocar obstáculos entre a luz que são e também a que desce para ajudá-los, as coisas podem ser vistas como apocalípticas e assustadoras, estamos sendo avisados, mas também estamos sendo preparados para tal e todos nós sabemos que a mãe terra precisa liberar-se com o nosso apoio, pois juntos muitos irão e decidirão seguir o mesmo caminho dela e vão buscar a ascensão, alguns conforme suas escolhas acompanhadas de seus próprios corpos físicos é um contrato do corpo, alma e espírito com outros espíritos de luz, tudo será feito conforme a escolha e a vibração, é aí que ocorrerá a nossa separação em luz, cada irmão seguirá seu caminho escolhido. Muitos até poderão se encontrar em outras dimensões, pois escolheram caminhos semelhantes e outros seguiram em frente, mas todos irão para a verdadeira luz da fonte, isso é libertação, liberdade, felicidade e um começo de uma nova vida para todos que desejarem.

O que eu fiz aqui foi um pequeno resumo de muitas mensagens dos seres, eles tocam sempre nessa mesma tecla na maior parte das suas mensagens e mesmo assim eles sabem que muitos cairão nessa armadilha do ego, apesar dos diversos avisos, portanto, busquem conhecimentos, saibam dos acontecimentos do presente (aqui e agora), mas não se afastam da luz, da sua própria luz interior.

Rubens


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...